• Notícia FM

Americana registra queda na taxa de roubos

Americana teve queda na taxa de roubos no primeiro semestre deste ano, em relação ao ano passado. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (17), pelo Instituto Sou da Paz, que lançou mais uma edição do IECV (Índice de Exposição a Crimes Violentos), que mede a exposição à violência nas cidades do estado de São Paulo com mais de 50 mil habitantes. Devido à pandemia da Covid-19, pela primeira vez o índice foi calculado a partir de uma análise do primeiro semestre do ano.

O IECV é composto pela média ponderada de 3 subíndices focados em dimensões diferentes da segurança pública. Cada dimensão tem um peso específico: O IECV letal (homicídios, latrocínios): peso de 40% no IECV geral; e, ambos com peso de 30% cada: o IECV dignidade sexual (estupros) e o IECV patrimônio.

São analisados, segundo esses critérios, os 139 municípios do estado com ao menos 50 mil habitantes. Entre os índices que sofreram alteração no estado no semestre estão os crimes patrimoniais, com queda de 31% dos roubos de veículos. Por outro lado, os homicídios subiram 4,5% no estado no primeiro semestre.

Americana teve queda na taxa de roubo a cada 100 mil habitantes. No primeiro semestre de 2019, a taxa de roubo de veículos era de 25,49 a cada 100 mil habitantes. Deste ano é de 16,28. A taxa de roubo de carga caiu de 2,51 para 2,09 e a taxa de roubo outro (incluindo as categorias restantes), de 127,45 em 2019 para 96,83.

Com a queda dos roubos, o IECV Patrimônio de Americana caiu de 2,96 para 2,22 do primeiro semestre do ano passado para o deste ano. Porém, alta no IECV de dignidade sexual subiu de 2,82 para 5,42. Portanto, apesar da queda nas taxas de roubo, Americana teve aumento ligeiro no IEPV, de 2,31 para 2,89.


REGIÃO

Na região, Hortolândia caiu, de 5,11 para 3,52, assim como Nova Odessa, de 2,69 para 1,20. Santa Bárbara foi de 1,53 para 1,50 e Sumaré de 3,61 para 3,55.

O comandante do 19° BPMI (Batalhão de Polícia Militar do Interior), tenente-coronel Luiz Horácio Raposo Borge de Moraes, comemorou a redução de roubos e crimes violentos em Americana. “Isso é muito bom para a população, todos ganham. É um trabalho de todas as forças de segurança. Temos visto diversas operações da Polícia Civil, ações da Guarda Municipal. A PM tem empenhando os patrulheiros no foco da prevenção dos crimes contra a vida e o patrimônio, protegendo a população”, explica.

Horácio acredita que a pandemia ajudou em um melhor patrulhamento. “Nos trouxe a possibilidade de empenhar o efetivo no patrulhamento, aumentando a ostensividade da nossa tropa. A população sente a segurança melhorando e, portanto, melhora a qualidade de vida, é o reflexo mais importante das forças de segurança”.


AÇÕES

O capitão Ruggero citou ações adotadas por órgãos dos três poderes desde o início da pandemia :restrição do encarceramento, liberação de apenados e restrição do comércio. “O cenário apontava para um provável aumento nos delitos contra o patrimônio, especialmente furtos e roubos. Mas podemos observar que na prática houve uma sensível diminuição.

Ruggero destacou que a PM não reduziu suas ações. “Desde o início da pandemia, a PM está 100% voltada para a realização das atividades constitucionais. Não estamos fazendo, por exemplo, escolta de presos para audiências ou outra atividade externa, que consomem um enorme contingente nosso, que é desviado da atividade de policiamento ostensivo”.

Por fim, o Capitão frisa que Americana está direcionando todos os meios humanos e materiais para os locais com maior concentração de delitos. “Empregando meios onde a área é mais propícia à ação criminosa.” (Fonte: Jornal Todo Dia)

1 visualização

NOTÍCIA FM

LIGOU, VIROU NOTÍCIA

Faz 40 anos que a Notícia FM é recebida pelos ouvintes em suas casas, 40 anos que a Notícia FM os acompanha no carro e no trabalho, com entretenimento, informação e boa música.

LINHA DO OUVINTE

19 3408.8080


Rua Rui Barbosa, 474 - Centro

13465-280 - Americana - SP

SOCIAL NOTÍCIA FM

Notícia FM 88,9      © 1980 - 2020      TODOS OS DIREITOS RESERVADOS