• Notícia FM

Campinas tem alta de 50,8% em reclamações por queda de energia elétrica no 1º semestre, diz Aneel

Campinas (SP) registrou um crescimento de 50,8% no número de reclamações por problemas no fornecimento de energia elétrica no primeiro semestre de 2020, em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). De janeiro a julho, a metrópole teve 608 queixas, contra as 403 de 2019.

A jornalista Marilucia Hoogendoorn mora no distrito de Barão Geraldo e trabalha de home office há oito anos. Ela diz que reclamar sobre o recebimento da energia com a CPFL Energia, empresa responsável pelo fornecimento do serviço na cidade, ainda não obteve retorno positivo.

"Meu trabalho é 100% no computador. É constrangedor, porque o cliente está esperando por aquilo, você combinou aquela data, e você está finalizando alguma coisa e tem que parar. Não tem o que fazer", explica a jornalista. Na região do Campo Grande, a Elisângela de Oliveira enfrenta o mesmo problema no Jardim Rossini. "Essa semana, nós ficamos sem energia e demorou para voltar. A gente, que está trabalhando com o home office, está atrapalhando demais o trabalho. Eu dependo muito da internet, da energia e da luz para fazer este tipo de trabalho", comenta.

De acordo com o balanço divulgado à EPTV, afiliada da TV Globo, as cidades de Sumaré (SP) e Indaiatuba (SP) também tiveram aumento no número de casos nos primeiros seis meses de 2020, com altas de 35,1% e 19,5%, respectivamente. Confira os dados por cidade abaixo. Segundo a advogada especialista em direito do consumidor, Raquel Tamassia, os clientes que não tiveram prejuízos financeiros e ainda têm problemas no fornecimento podem abrir uma queixa na agência que regulamenta o setor, a Aneel, e no Procon. Em casos com danos, vale acionar a Justiça.

"Se a pessoa teve algum prejuízo ou sofreu algum dano, e ela puder provar esse dano, ela pode acionar a Justiça para o ressarcimento, seja moral ou material. Mas é importante que a pessoa comprove que ela acionou a empresa e tentou resolver o problema através de protocolos, telefonemas e e-mails, e que tenha a prova desse dano", complementa. Em nota, a CPFL Energia afirmou que investiu mais de R$ 24 milhões, de janeiro a agosto, em melhorias para evitar problemas com quedas de energia e nos canais de comunicação da empresa, e que o período de falta de energia ficou abaixo do limite estabelecido pela Aneel nos últimos meses.

A empresa ainda reforçou que os clientes podem entrar em contato através dos números de telefone 0800 010 10 10 ou pelo (19) 3795-1705, além do site. (Fonte: G1)

1 visualização

NOTÍCIA FM

LIGOU, VIROU NOTÍCIA

Faz 40 anos que a Notícia FM é recebida pelos ouvintes em suas casas, 40 anos que a Notícia FM os acompanha no carro e no trabalho, com entretenimento, informação e boa música.

LINHA DO OUVINTE

19 3408.8080


Rua Rui Barbosa, 474 - Centro

13465-280 - Americana - SP

SOCIAL NOTÍCIA FM

Notícia FM 88,9      © 1980 - 2020      TODOS OS DIREITOS RESERVADOS