• Notícia FM

Coronavírus: Campinas anuncia fechamento do comércio e proíbe cirurgias eletivas na rede privada

O prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizette (PSB), anunciou nesta sexta-feira (19) o fechamento do comércio a partir da próxima segunda-feira (22) e válido, inicialmente, por uma semana. Além disso, proibiu a realização de cirurgias eletivas na rede privada de saúde para manter a disponibilidade de leitos na cidade.

Jonas justificou o fechamento do comércio, em decreto que sairá em edição extraordinária do Diário Oficial neste sábado (20), pela necessidade de "salvaguardar vidas", por conta do alto índice de ocupação de leitos, e para mostrar, de forma prática, que "as coisas não estão normais".A medida, que o prefeito classificou como uma "restrição dentro da fase laranja", será válida por uma semana, com possibilidade de prorrogação por mais uma semana. Com isso, o funcionamento dos comércios para entrega ou serviço drive-thru está mantido.

Os demais serviços liberados por decreto em Campinas, como concessionárias, óticas e escritórios, bem como o funcionamento de igrejas e templos religiosos, estão mantidos.Pressão por leitos Durante a coletiva, o prefeito anunciou que recebeu um compromisso do governo do Estado na criação de 100 novos leitos na região de Campinas - há a possibilidade, segundo Jonas, de que um hospital da região disponibilize as vagas, mas ele espera que o governo estadual faça uma intermediação na contratação.

Além disso, a prefeitura prevê a abertura de novas vagas na próxima semana. De acordo com o secretário de Saúde, Carmino de Souza, serão mais 10 de UTI e 13 de retaguarda na Santa Casa, além de novos 30 leitos no Hospital de Campanha, a partir da próxima semana.

O titular da pasta ainda afirmou que não desistiu da contratação de serviços do Hospital Metropolitano, que acrescentaria 15 leitos de alta complexidade e 28 de retaguarda à rede municipal. A Justiça determinou que o dinheiro do acordo seja utilizado para pagar dívidas trabalhistas, mas a administração da unidade defende que sem a verba, nem tem como cumprir o contrato.Aumento de internações

Segundo a prefeitura, a decisão pelo fechamento do comércio ocorre não somente pelo aumento de casos do novo coronavírus. A rede registrou aumento expressivo em junho de internações de pessoas que não apresentam sintomas de síndrome respiratória aguda grave (SRAG).(fonte site G1 campinas)


0 visualização

NOTÍCIA FM

LIGOU, VIROU NOTÍCIA

Faz 40 anos que a Notícia FM é recebida pelos ouvintes em suas casas, 40 anos que a Notícia FM os acompanha no carro e no trabalho, com entretenimento, informação e boa música.

LINHA DO OUVINTE

19 3408.8080


Rua Rui Barbosa, 474 - Centro

13465-280 - Americana - SP

SOCIAL NOTÍCIA FM

Notícia FM 88,9      © 1980 - 2020      TODOS OS DIREITOS RESERVADOS