• patricia6126

Ex de Tom Veiga nega agressão e envenenamento: 'Absurdo'

Cybelle Hermínio, ex-mulher de Tom Veiga, se pronunciou um dia depois de virem à tona suspeitas sobre a verdadeira causa da morte do ator e intérprete do boneco Louro José — ele morreu no dia 1º de novembro de 2020. Segundo o colunista Leo Dias, a família estaria suspeitando que Tom pudesse ter sido envenenado por ela.

Em vídeo postado nas redes sociais, nesta quarta-feira (7), a empresária negou as acusações e disse que nunca houve qualquer tipo de violência entre o casal. "Estou aqui devido à tudo que está sendo circulado, estava me calando durante esse tempo todo porque estava tentando proteger a minha imagem, a minha família, até os filhos do Tom, afinal existem já avogados cuidando de um processo que já existe... Mas diante do que está tendo falado, eu vi que há a necessidade de vir aqui expor o meu lado", começou Cybelle. "Diante disso, de envenenamento é um absurdo que estão falando, nunca houve nada disso. Desconheço completamente as fotos que estão circulando nas mídias, absurdo. Não tem B.O. registrado, não tem corpo delito, não tem medida protetiva. A única coisa que eu tenho pra falar pra vocês é que eu confio na lei, na Justiça, no laudo do IML", desabafou.

Cybelle ainda deu detalhes da relação com o ex-marido e disse que eles não chegaram a se divorciar de fato. "A minha relação com o Tom sempre foi muito carinhosa, brincalhona, amorosa, nunca houve nenhum tipo de violência de nenhuma das partes, a gente tinha briga normal, como todo casal, mas nada que fugisse do controle [...] Desconheço completamente essas coisas que estão sendo faladas", afirmou.

"Nunca houve uma separação de fato, houve uma briga de um casal como qualquer outro, em meio a uma pandemia, imagino que vocês já viveram isso, e aí pra gente respirar um pouco, eu fui pra casa da minha mãe. Foi isso que houve. Nunca houve data de assinatura de divórcio. Nunca houve essa data", completou. Edson Sobrinho, advogado de Cybelle que aparece ao lado dela no vídeo, confirmou que existe um testamento deixado por Tom Veiga e que o processo corre em segredo de Justiça.

"Meus colegas advogados, junto comigo, já estão trabalhando em cima do caso para trazer a verdade processual, trazer um pouco de proteção jurídica a todos os interessados, inclusive os filhos [...] Tem uma atenção no Ministério Público que também vai ajudar na apuração de todas essas alegações que estão vindo na mídia. Mas o que a gente não pode concordar é com tudo que vem sendo veiculado, que só vem trazendo só mais sofrimento para a Cybelle e os filhos dela. Essas alegações que estão sendo feitas: de exumação de corpo, forçação de casamento através de doação de bens, através do testamento... Nunca houve isso. Isso tudo vai ser analisado dentro do processo, perante à Justiça", explicou. Fonte: R7

17 visualizações0 comentário