Fãs LGBTQIA+ de Maitê Proença e Adriana Calcanhoto celebram romance: "bem-vinda ao vale"



Maitê Proença e Adriana Calcanhoto são bastante discretas em relação à vida pessoal. E continuam assim depois que veio à tona o romance das duas. Fato é que a informação repercutiu nas redes sociais (e fora dela). Fãs das artistas - inclusive, claro, os admiradores de ambas pertencentes à comunidade LGBTQIA+ - celebraram o novo casal e desejaram felicidades à atriz e à cantora.

"Bem-vinda ao vale, Maitê", desejou uma fã, na web, fazendo menção à gíria ("vale", da expressão "vale dos homossexuais") usada pela comunidade LGBTQIA+. O mesmo desejou um admirador das duas, usando o mesma termo: "Bem-vinda ao vale". "Amo, amo. Se joga no vale", acrescentou ainda uma fã, através das redes sociais. "Só vim dizer que te acho fabulosa há muitos anos da minha vida. E agora te acho mais ainda", homenageou ainda uma admiradora de Maitê. "Vocês são lindas", admirou outra.

O início do romance entre a atriz e a cantora teve como cenário uma mansão de frente para o mar, em Angra dos Reis, no Rio. O local é do empresário Zé Maurício Machline, amigo de Maitê, com quem ela também já viveu um romance no passado. Ele também é bastante amigo de Adriana Calcanhoto. No último domingo, Maitê surgiu nas redes sociais e leu um texto de sua autoria. Citou frases como "Para onde meu desejo aponta... Ah, não é da sua conta".

"Passo a passo, vão-se os anos. Nunca fui de fazer planos, meus acertos, os eganos correm ao sopro de minuanos. O acaso vai-me ao norte. Sorte. A minha. A sina, o corte...", consta de um trecho da obra da atriz.


"Saiba mano, mana, tonta. Fui nervosa, hoje sou cool. Rio de sua afronta. Para onde meu desejo aponta... Ah, não é da sua conta", diz o fim do texto da artista.

O romance entre a atriz e a cantora foi revelado pela revista "Veja", e, à publicação, Maitê Proença, ao ser questionada sobre o novo relacionamento, apenas disse: "Não sou muito de abrir a minha intimidade, prefiro preservar alguns assuntos". Fonte: Extra

8 visualizações0 comentário