• Notícia FM

Mogi Guaçu anuncia fechamento do comércio e endurecimento da quarentena a partir de quarta

A prefeitura de Mogi Guaçu (SP) anunciou nesta segunda-feira (22) a suspensão, por pelo menos uma semana, dos efeitos do decreto de flexibilização da quarentena a partir desta quarta-feira (24). A medida ocorre em virtude da queda nos índices de isolamento social e aumento de casos do novo coronavírus, e implica no fechamento do comércio em geral e na proibição de diversas atividades econômicas, como escritórios, imobiliárias e concessionárias de veículos, permitidas na fase laranja do Plano SP.

Em nota, a prefeitura informa que o decreto será publicado nesta terça (23), e que as medidas serão revisadas depois de uma semana. No período, apenas serviços essenciais poderão funcionar no município. Em relação aos cultos e missas, há uma recomendação pela suspensão. De acordo com a administração, mesmo fechados, os comércios poderão funcionar e oferecer mercadorias para retirada, no sistema drive thru, desde que os clientes não precisem sair do carro. "Os supermercados, mercados, padarias e comércio essenciais deverão, obrigatoriamente, isolar as áreas de produtos e/ou serviços considerados não essenciais, tais como setores de roupas, calçados e de caráter não alimentício e de setores não relacionados à limpeza em geral.Mogi Guaçu faz parte do Departamento Regional de Saúde 7 (DRS-7), cuja sede administrativa é Campinas (SP). Com a decisão de endurecer a quarentena apesar da manutenção na fase laranja, o município se junta a Valinhos e Campinas."O objetivo desta decisão é evitar que as pessoas transitem nas ruas. O comércio não é culpado pelo afrouxamento do isolamento, mas só será possível garantir índices satisfatórios de isolamento social diminuindo os atrativos externos. Além do comércio, áreas públicas terão ação incisiva das forças policiais. Qualquer tipo de aglomeração será coibida a partir de agora", informa, em nota, a prefeitura.Segundo a administração, o município não registra falta de leitos de UTI, mas ligou o alerta pelo aumento do número de pacientes em isolamento: 80 positivos e 20 suspeitos.

"Uma piora no quadro destas pessoas pode aumentar a demanda por leitos de enfermaria e UTI, o que agravaria a situação na cidade. Na região, começam a faltar leitos de UTI em algumas cidades. Campinas e Valinhos já decretaram o fechamento do comércio, por essa razão", enfatiza o comunicado.(fonte site G1 Campinas)


0 visualização

NOTÍCIA FM

LIGOU, VIROU NOTÍCIA

Faz 40 anos que a Notícia FM é recebida pelos ouvintes em suas casas, 40 anos que a Notícia FM os acompanha no carro e no trabalho, com entretenimento, informação e boa música.

LINHA DO OUVINTE

19 3408.8080


Rua Rui Barbosa, 474 - Centro

13465-280 - Americana - SP

SOCIAL NOTÍCIA FM

Notícia FM 88,9      © 1980 - 2020      TODOS OS DIREITOS RESERVADOS