Morre o médico Plínio Zabeu

O médico ortopedista Plínio Zabeu morreu hoje (3), em Americana, aos 87 anos. Plínio foi o primeiro ortopedista de Santa Bárbara, nos anos 60, e um dos pioneiros em Americana. Em 2014, recebeu o título de cidadão barbarense.

Segundo o filho, o médico e professor José Zabeu, o pai tinha problema renal e ficou enfraquecido nas últimas semanas.

Plínio deixa a esposa Claudete, com quem foi casado por 56 anos, e, além do filho José, outras três filhas.


Nascido em 14 de outubro de 1933 em São Manoel (SP), Plínio foi criado em Getulina. “Depois, com muito esforço, fez faculdade de medicina na USP e, por amigo que fez lá, veio trabalhar em Americana, em 1966”, conta o filho.

Plínio fez carreira como médico em Americana e Santa Bárbara. “Trabalhou muito no São Lucas, com perícia no INSS. É muito conhecido na região porque trabalhava bastante, forte, estava sempre disponível. Teve ainda carreira sólida no Lions e trabalhou bem até os 82, 83 anos”, contou o filho.

Foi quando Plínio começou a ter problema renal. “Ele piorou bastante neste último ano, enfraqueceu muito essas semanas. Não teve diagnóstico definido, mas não parece que tenha sido coronavírus, foi uma morte natural”, disse o filho. O velório será realizado nesta sexta-feira (4) no Cemitério da Saudade, das 8h às 14h. Na sequência, o corpo será cremado em Limeira. Fonte: Todo Dia

61 visualizações0 comentário